O CULTO FAMILIAR

VÁ PARA AS RECOMENDAÇÕES

A todos que estão aflitos e buscam a paz;
a todos que choram e buscam consolo;
a todos que lutam e buscam servir;
a todos que pecam e buscam salvação;
a todos que na solidão, buscam o amor;
a todos que, forasteiros buscam amizade;
a todos que em esperança buscam a verdade;
a todos que, tendo encontrado a felicidade desejam compartilhá-la;
a estes e a todo aquele que busca um sentido para a vida, a verdadeira igreja
cristã abre suas portas e os acolhe em nome de Jesus Cristo.

JESUS É O MESSIAS, DEUS FORTE, PAI ETERNO,
PRINCIPE DA PAZ, DEUS CONOSCO E CONSELHEIRO MARAVILHOSO

Esta página é um tipo de escola bíblica eletrônica, cujo principal objetivo é orientar pessoas e grupos de pessoas que desejem estabelecer um contato direto com Deus sem nenhuma intervenção humana. É importante que se tenha em conta que um dos objetivos do Jesuismo é reduzir o cristianismo à expressão mais simples, justamente para que todas as pessoas possam compreender todos os assuntos expostos, do mesmo modo como eram expostos nos três primeiros séculos da história da igreja, fase da igreja conhecida como igreja primitiva antiniceana. Para que você possa conhecer os objetivos de nossa escola, queremos expor os assuntos baseados exclusivamente na Bíblia e na divindade e consequente ética e autoridade de Jesus Cristo.

A escola bíblica que apresentamos aqui é uma alternativa para o modelo de escola bíblica que se tem aplicado nas igrejas protestantes. Nestas igrejas, a escola bíblica, quando existe, consiste de estudos bíblicos feitos em módulos trimestrais, versando sobre assuntos que precisam ser ensinados, para a edificação dos cristãos. Estes estudos, como tudo mais na igreja protestante, giram em torno da Bíblia; o que seria ótimo; mas conferem autoridade a todos os personagens bíblicos de igual modo, porque, de acordo com teólogos protestantes, todos os personagens bíblicos falaram conforme ouviram o sopro de Deus. Para a nossa apologia, só Jesus Cristo é Deus e os outros personagens são todos seus servos.

É importante dizer que as denominações protestantes divergem nos seus pontos de vista e doutrinas em quase tudo, mas em um ponto elas concordam: a Bíblia foi soprada por Deus aos inúmeros autores bíblicos e a autoridade de todos os autores bíblicos está acima de tudo e de todos. O Jesuismo não ensina assim; aqui ensina-se que Jesus Cristo é o Messias anunciado na Bíblia. Portanto, a Bíblia é testemunha do Messias, eis porque ela é tão importante para os cristãos, porque o Messias é a encarnação de Deus, logo, Jesus é Deus; a divindade dos cristãos e de todos os seres humanos.

A proposta do Jesuismo é ensinar tendo como fonte única de autoridade a Bíblia; com uma diferença básica em relação ao ensino praticado nas igrejas protestantes: pela proposta do Jesuismo, só Jesus tem autoridade sobre tudo e sobre todos, incluindo-se aí a própria Bíblia. No Jesuismo, fazemos apologia de Jesus Cristo como o Messias e não da Bíblia como um centro de autoridade que está acima de tudo e de todos. Ensinamos a ética contida nos Evangelhos como a necessária e suficiente para ser vivida por todos os cristãos; exatamente como se encontra na Bíblia. E, deixamos sempre bem claro que todos os personagens bíblicos, exceto Jesus são conservos de todos os cristãos, portanto, não há porque manter uma atitude de submissão diante de nenhum deles.

Ao longo de todos os estudos apresentados nesta apologia à divindade e à ética Jesus Cristo, a Bíblia será apresentada a você como instrumento de libertação e não de escravização, como ela se torna se for apresentada como representante de inúmeros senhores, porque Jesus afirma: Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas (Mt 6:24). Considere, então, que o que se aplica às riquezas, muito mais se aplica à preferência dada entre a autoridade de Jesus e a autoridade de qualquer outro. Portanto, lembre-se de que um dos principais objetivos da Bíblia foi registrar a luta entre o monoteísmo e a idolatria.

E finalmente, pedimos que você não desanime, pensando que este projeto de culto familiar possa não vingar; para que possa ser bem sucedido, pedimos também que você ore a Deus, para que Ele abençoe este projeto que é um simples site que faz apologia à divindade, à ética e à autoridade de Jesus Cristo. Que ore a Deus para que os conteúdos do site caiam na graça das pessoas, como aconteceu com os conteúdos ensinados pela igreja primitiva: E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos (At 2:46-47). Que fique bem claro que o que o Jesuismo propõe não é trazer de volta a igreja primitiva e sim a reconstrução de um cristianismo mais verdadeiro, ético e socialmente responsável, baseado na divindade, na ética e na autoridade de Jesus Cristo.

RECOMENDAÇÕES PARA UM CULTO FAMILIAR PROVEITOSO PARA TODA A FAMÍLIA

As recomendações abaixo especificadas se baseiam em experiência de longa data, do autor deste site e sua família, que têm se reunido pelo menos uma vez por semana para proclamar que Jesus Cristo é a nossa divindade e por isto toda a nossa confiança está posta nele. Foi deste modo que a igreja primitiva, dos três primeiros séculos, se estruturou e chegou a pregar o Evangelho em todo o mundo conhecido de então.

  1. Escolha pelo menos um dia na semana; a minha experiência pessoal é de fazer uma vez por semana, durante o sábado após às 19 horas; isto você planeja como lhe for mais conveniente;
  2. Se ninguém na sua casa ou grupo tiver grande experiência em orar, lembre-se que orar é falar com Deus. E, falar com Deus todo o mundo sabe, basta querer. Não se esqueça de recitar a oração do Pai Nosso que se encontra no livro de Mateus, capítulo 6, versículos de 9 a 15. Se você não tem muita facilidade de localizar livros, capítulos e versículos em uma Bíblia peça alguém da sua confiança que lhe ensine.
  3. Lembre-se sempre de pedir a Jesus para lhe ensinar quem Ele é; peça isto o tempo todo; incentive as pessoas do seu grupo a fazerem o mesmo. Ele vai ensinar a você a entender a Bíblia, melhor do que qualquer outro mestre.
  4. Lembre-se sempre de dizer a todas as pessoas, logo no início do culto, que aquele trabalho só terá valor para as pessoas que estiverem dispostas a falarem somente a verdade a todas as pessoas, sempre, e a levarem Deus a sério. Seja, porém, o vosso falar: sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno (Mt 5:37). Medite sobre os prejuízos trazidos pela mentira e os benefícios trazidos pela verdade.
  5. Comece a discussão de modo que todos os participantes tenham igualdade de condições quanto a falar. E, em se tratando de família: pai, mãe, filhos, netos, etc. procurem discutir os assuntos da semana, do dia a dia, da escola, a desobediência, o mau exemplo dos pais. Que tudo seja feito com amor; que as pessoas tenham o direito de sonhar e sejam incentivadas a buscar a Deus por conta própria. Tenha sempre os quatro Evangelhos como referência, por isto, leia estes textos. Se alguém tiver dificuldade de compreender toda a Bíblia, recomendo que esta pessoa invista boa parte do seu tempo lendo os Evangelhos, e aos poucos passe a ler toda a Bíblia.
  6. Não abandone sua igreja, a menos que ela seja uma destas igrejas que existem por aí, fundadas para tomar o dinheiro das pessoas; se este for o caso procure outra igreja para congregar; Deus vai lhe conduzir a uma igreja na qual você possa crescer na graça e no conhecimento de Jesus Cristo. Se na igreja que você estiver ensinarem mais pelos apóstolos do que por Jesus, cobre dos seus líderes que ensinem que só Jesus Cristo é Deus.
  7. Procure ler todos os conteúdos deste site; eles lhe serão úteis para que você possa ter uma visão geral de toda a Bíblia, de Jesus, do Espírito Santo, da igreja, da vida e da eternidade.
  8. Desconfie da maioria dos ensinos religiosos que você ouve, principalmente na televisão, e de igrejas que pregam que Deus existe para operar o milagre da riqueza na sua vida; é tudo mentira.
  9. Tenha boa vontade com a obra de Jesus Cristo; existem muitas igrejas se esforçando para fazer o melhor, apesar da grande variedade de doutrinas que ensinam que os escritores da Bíblia a escreveram ouvindo o sopro de Deus e que você tem que seguir estes escritores, como ao próprio Deus; o que é um absurdo, porque só Jesus Cristo é Deus.
  10. Lembre-se que Deus quer fazer um contato com você, sem nenhuma intervenção humana. Portanto, busque por si, em Jesus Cristo, ser o sal da terra e a luz do mundo;; oferecendo um culto pessoal a Deus. Espero que o material postado neste site possa ser útil para que você possa compreender que Jesus Cristo é a vida, a sua vida, a minha, a nossa vida; a vida de todo aquele que o receber como Deus.

... Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada. Mt 15:13

Faça um comentário, ou simplesmente declare que Jesus é Deus:

aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e acharei descanso para a vossa alma
introdução ao ensino bíblico quem é o senhor teu deus a inerrância bíblica e a divindade de jesus
engenharia bíblica não alimenta o poder da verdade o pecado e o sentido para a vida
antropologia da religião cristã ética e moral cristãs justificativa para o jesuismo
   
     
  voltar para o início da página   

© 2012 Afonso Meneses