AFONSO MENESES - TODA AUTORIDADE A JESUS CRISTO

ENSINANDO A VERDADE DE ACORDO COM A OPINIÃO DE JESUS CRISTO

Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.
E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador,
para que fique convosco para sempre. A saber, o
Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber;
porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis,
porque ele habita convosco, e estará em vós
(Jo 14: 15-17)

Este site tem por objetivo fazer a apologia, ou seja, a defesa da divindade, da ética e da autoridade de Jesus Cristo. Minha apologia coloca a opinião de Jesus Cristo acima de qualquer outra opinião; ela se opõe ao fato de que pensadores, teólogos e pregadores cristãos tenham atribuído igual autoridade a todos os personagens bíblicos; não dando nenhuma importância especial à divindade, à ética e à autoridade de Jesus, nem aos benefícios espirituais e sociais decorrentes desta verdade, para toda a humanidade. Ou seja, eu defendo a divindade, a ética e a autoridade de Jesus Cristo como sendo a única fonte de sabedoria e poder capazes de orientar e saciar espiritual e socialmente todos os seres humanos.

Em todas as considerações que eu faço em minha apologia, eu convido o leitor a fazer um exame preliminar de consciência, pelo qual se comprometa com Deus e consigo mesmo, a falar somente a verdade a todas as pessoas, em todos os contextos e a levar Deus a sério, tanto quanto o conheça; porque Jesus afirma: Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim, não, não. O que disto passar vem do maligno (Mt 5:37). Esta recomendação é para que o leitor não venha perder o seu tempo na busca por sentido para sua vida em outra fonte que não no Espírito Santo que é Espírito da verdade e não da mentira; é isto que eu ensino aqui: Jesus Glorificado dá o Dom do Espírito Santo a todas as pessoas que o receberem como Deus e guardarem todos os seus mandamentos.

A minha apologia considera que a opinião de Jesus Cristo seja o único elemento com poder suficiente para produzir a ruptura capaz de trazer as mudanças esperadas por todas aquelas pessoas que têm preferido viver distantes das igrejas a serem guiados por líderes que, claramente, desprezam a opinião de Jesus Cristo, preferindo ensinar que o cristianismo se resume à fé na história de Israel e na filosofia do apóstolo Paulo. Quero, através do livro Toda Autoridade a Jesus Cristo, levar às pessoas a opinião de Jesus Cristo, tal como exposta no Evangelho. Que fique claro que a defesa da divindade, da ética e da autoridade de Jesus, se baseia exclusivamente na Bíblia, tendo como primeira referências: Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar (Gn 3:15), até a saudação final: ...Certamente, cedo venho,... (Ap 22:20).

Em suma, a minha apologia prega que Jesus Cristo é o Messias; como o Messias é o próprio Deus encarnado, eu explico as condições segundo as quais, Jesus Glorificado é considerado Deus. Por isto, espero que todas as pessoas que creem nesta verdade, a considerem a mais absoluta de todas as verdades, e além disto, estejam dispostas a falar somente a verdade a todas as pessoas e em todos os contextos, e a levarem Deus a sério tanto quanto o conheçam; lembrando também que, para ser discípulos de Jesus precisam guardar todos os seus mandamentos para receberem o Dom do Espírito Santo, conforme (Jo 14:15-17). E finalmente, precisam considerar que o discípulo de Jesus não aceita ensinamento ético-religioso de mais ninguém a não ser do próprio Jesus: Vós, porém não sereis chamados mestres, porque um só é vosso Mestre, e vós todos sois irmãos (Mt 23:8) e, lutar contra e não a favor do pecado:... Arrependei-vos porque está próximo o reino dos céus.(Mt 4:17).

... Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada (Mt 15:13)

Faça um comentário, ou simplesmente declare que Jesus é Deus:

aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e acharei descanso para a vossa alma
introdução ao ensino bíblico quem é o senhor teu deus a inerrância bíblica e a divindade de jesus
engenharia bíblica não alimenta o poder da verdade o pecado e o sentido para a vida
antropologia da religião cristã ética e moral cristãs justificativa para o jesuismo
   
     
  voltar para o início da página   

©2012 Afonso Meneses